Início Mundo Artefacto comprado em venda de garagem valia meio milhão de dólares

Artefacto comprado em venda de garagem valia meio milhão de dólares

Uma pequena taça de porcelana comprada por 35 dólares (cerca de 28 euros) numa venda de garagem era afinal um artefacto avaliado em meio milhão de dólares (quase 415 mil euros). A peça chinesa do século XV vai agora ser vendida em leilão pela Sotheby’s.

A taça branca, adornada com ilustrações de flores em azul, tem cerca de 16 centímetros de diâmetro. Foi comprada por um entusiasta de antiguidades que ao ver a peça numa venda de garagem pensou que poderia ser algo especial, contou a Sotheby’s à Associated Press.

O artefacto é um de apenas sete taças existentes no mundo e será vendida no próximo dia 17 em Nova Iorque. O vendedor, que quis ficar anónimo, pagou o preço que era pedido na venda e depois enviou fotografias à leiloeira norte-americana a pedir uma avaliação.

“Percebemos de imediato que estávamos perante algo muito, muito especial”, admitiu Angela McAteer, uma das especialistas em cerâmicas chinesas da Sotheby’s, acrescentando que “o estilo de pintura, a forma da taça e até o tom de azul é muito característico das porcelanas daquele período do século XV”.

Confirmaram que era de 1400 quando viram a peça ao vivo. “Todas as características e marcas distintas identificam o produto como sendo do início do período Ming”, referiram.

As restantes taças conhecidas estão duas no Museu do Palácio Nacional de Taipei, em Taiwan, outras duas em museus de Londres, e outra no Museu Nacional do Irão. Como é que aquela taça foi parar a uma venda de garagem permanece um mistério.

Leia Também: Pandemia “afunda” expedição aos destroços do Titanic