Início Notícias ‘Supremo’ do Facebook quer investigar algoritmo da rede social

‘Supremo’ do Facebook quer investigar algoritmo da rede social

O Oversight Board do Facebook – também conhecido como ‘Supremo Tribunal’ da empresa – pretende ganhar acesso ao algoritmo da rede social, procurando perceber de que forma é que atua para determinar o que surge nos ‘feeds’ dos utilizadores.

De acordo com comentários feitos ao The Guardian por um dos 20 membros do Oversight Board, parece que se está a instaurar uma frustração pelo método de rever cada caso individualmente. “Estamos um pouco frustrados por dizer apenas ‘apaga’ ou ‘deixa estar’”, apontou Alan Rusbridger, ex-editor do The Guardian que faz parte do Oversight Board.

“O que acontece se quiseres tornar algo menos viral? O que acontece se quiseres criar uma intersticial? O que acontece se, sem comentar em qualquer caso atual, não quiseres banir uma pessoa para sempre mas quisesses colocá-la num ‘caixote de pecado’ para que se se portassem mal novamente as pudesses mandar embora?”, questionou-se Rusbridger.

Não é claro se o Facebook pretende conceder acesso ao seu algoritmo, mesmo tratando-se do seu ‘Supremo Tribunal’.