Início Mundo Octogenário circulava a 191km/h. Porquê? Estava atrasado para a vacina

Octogenário circulava a 191km/h. Porquê? Estava atrasado para a vacina

A polícia francesa deteve um idoso de 88 anos apanhado a conduzir em excesso de velocidade, a 191 km/h, numa estrada rural onde o limite é 110 km/h. A brigada de trânsito de Estrasburgo mandou-o parar numa estrada perto da cidade de Bischoffsheim, no nordeste de França, depois de o perseguir durante vários quilómetros.

Quando questionado sobre o incidente e a velocidade a que circulava, o homem justificou a situação com o facto de estar atrasado para a sua marcação para levar a vacina contra a Covid-19.

Os agentes não se se deixaram comover com a explicação e acabaram por apreender a carta de condução do idoso – por um período de seis meses -, bem como o veículo. Além disso, terá de comparecer em tribunal para saber quais as medidas de coação que lhe serão aplicadas.

A polícia do Baixo Reno contou a história insólita numa publicação de Facebook e fez questão de recordar que “mesmo quando se tem carta de condução há mais de 60 anos”, os limites de velocidade são para ser respeitados.

França, que já reportou, desde o início da pandemia, mais de 3,7 milhões de casos e ultrapassou os 86 mil óbitos, há várias semanas que já começou a vacinar os idosos acima dos 75 anos, entre eles está o protagonista desta história.

Leia Também: Estrasburgo discute nomeações para Procuradoria Europeia após polémica