Início Mundo Iraque diz que visita do Papa será oportunidade para reavivar turismo

Iraque diz que visita do Papa será oportunidade para reavivar turismo

“O Iraque tem a oportunidade de aproveitar esta visita no plano social, [mas] também terá influência económica e turística pelo facto de o papa pisar em locais de peregrinação” da religião cristã católica, disse Hasan Nazem em conferência de imprensa.

O ministro adiantou esperar que a visita “ative o turismo”, que decaiu fortemente nos últimos anos devido à guerra contra o grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, e afirmou ter começado a “estabelecer projetos” religiosos para aproveitar a visita do papa.

Ao mesmo tempo, o ministro indicou ter recebido cerca de mil pedidos de cobertura da imprensa para este acontecimento histórico que será a primeira viagem apostólica do papa desde o início da pandemia de covid-19.

Um dos pontos da visita será a cidade de Ur, onde se acredita ter sido a casa do profeta Abraão e onde o papa Francisco celebrará uma missa inter-religiosa.

Durante a estada no Iraque, Francisco irá encontrar-se, na cidade sagrada de Najaf (sul), com a figura principal dos xiitas do país, o ayatola Ali al Sistani.

A visita do papa acontece apesar do número de casos de covid-19 terem disparado no Iraque desde o início de fevereiro, o que obrigou o Governo a estabelecer restrições como o recolhimento obrigatório e o encerramento das escolas, dos centros comerciais e dos restaurantes.

Leia Também: Núncio apostólico no Iraque testa positivo a uma semana da visita do papa