Início Notícias "Se não vir o United e ouvir que marcou, só tenho um...

"Se não vir o United e ouvir que marcou, só tenho um pensamento: Bruno"

Micah Richards representou o Manchester City entre 2005 e 2015, mas não tem qualquer problema em assumir que o mais forte candidato ao prémio de jogador do ano da Premier League representa o eterno rival… e dá pelo nome de Bruno Fernandes.

No espaço de opinião que assina no jornal britânico Daily Mail, o antigo internacional inglês escreveu que “há vários bons candidatos”, como “Rúben Dias e Ilkay Gundogan”, mas atirou: “O jogador excecional de 2020/21 é Bruno Fernandes”.

“Os números dele nesta altura da temporada são assustadores para um médio: 15 golos, dez assistências. Está envolvido num golo, ao marcar ou assistir, a cada 84 minutos. Fernandes criou 71 oportunidade, e não acredito que o United estivesse no ‘top4’ sem ele”, atirou.

“A verdadeira marca de um jogador excecional é o que faz aos outros da equipa, e Fernandes arrancou rendimento daqueles que o rodeiam. Agora, também tem uma reputação. Se não estiver a ver o Manchester United e ouvir que marcou, só tenho um pensamento: Bruno”, rematou.

Leia Também: Só a trave impediu Bruno Fernandes de marcar mais um golaço