Início Mundo Presidente mexicano quer acordo para entrada de trabalhadores nos EUA

Presidente mexicano quer acordo para entrada de trabalhadores nos EUA

“Se houver quem queira – não por necessidade, mas para fazer vida noutro lugar – ir trabalhar nos Estados Unidos, que possam fazê-lo. Mas legalmente, através de um acordo com o Governo dos Estados Unidos. Esse será um tema que tenciono colocar na reunião”, anunciou hoje o Presidente mexicano.

Na agenda da videoconferência de segunda-feira estão ainda os planos de cooperação para o desenvolvimento da América Central e do sul do México, migração e economia.

A questão da migração de trabalhadores é uma preocupação para Lopez Obrador, alegando que se encontraram na situação de procurar trabalho nos EUA entre 600.000 a 800.000 pessoas, anualmente, e que uma solução pode ser vantajosa para os norte-americanos, mas sobretudo para o México.

“Se eles não tiverem mão de obra mexicana, como poderão garantir o aumento da produção nos Estados Unidos? Por isso, vamos propor um acordo. Claro que o principal, o fundamental é que nos desenvolvamos”, disse o Presidente mexicano.

Embora López Obrador diga que tinha uma relação “muito boa”, e embora tenha sido um dos últimos chefes de Estado a dar os parabéns pela vitória eleitoral de Joe Biden, o Presidente mexicano aplaudiu as novas políticas de imigração de Washington.

O Presidente disse que um dos seus objetivos nas negociações com a Casa Branca é conseguir maximizar as vantagens do novo tratado entre o México, Estados Unidos e Canadá (T-MEC), que entrou em vigor em 01 de julho do ano passado.

Para tal, Lopez Obrador já avisou que o seu Governo não permitirá benefícios excessivos às empresas estrangeiras no México, nomeadamente no setor energético, onde os Estados Unidos têm revelado um crescente interesse.

Leia Também: Presidentes dos EUA e do México reúnem-se por videoconferência