Início Notícias Klopp descarta ‘revolução’ e explica o que falhou no Liverpool

Klopp descarta ‘revolução’ e explica o que falhou no Liverpool

O Liverpool chega à 26.ª jornada na sexta posição da Premier League, a já 19 pontos do líder, o Manchester City. Jurgen Klopp assume que o cenário não é o ideal, mas garante que não lhe passa pela cabeça levar a cabo uma ‘revolução’ no final da presente temporada.

Questionado quanto a uma eventual “reconstrução” do plantel no próximo mercado de transferências de verão, o treinador dos reds atirou: “O que é, exatamente, uma reconstrução? Significa que saem dez e entram dez? Ou mudanças no onze?”.

“Sei o que querem dizer, mas não me parece que seja altura para uma grande reconstrução como a entendo, em que sairiam seis ou sete jogadores, em que nos tentaríamos livrar de quem estivesse em final de contrato e trouxéssemos todas as caras novas”, afirmou, citado pela estação televisiva britânica Sky Sports.

“A equipa deste ano não teve oportunidade de jogar junta uma vez, na verdade. Faria sentido perceber isso, mas é claro que vão existir pequenos ajustes (…). Não estou certo de que o possamos fazer no verão, mas é isso que vamos tentar”, rematou.

Leia Também: Diogo Jota treina em pleno e dá boa notícia a Klopp