Início Notícias "Grito com os meus jogadores. Não devia, mas não controlo"

"Grito com os meus jogadores. Não devia, mas não controlo"

O Manchester City leva já 19 vitórias consecutivas e vai, este sábado, em busca da 20.º, na receção ao West Ham, a contar para a 26.ª jornada da Premier League. No entanto, Pep Guardiola insiste que ainda vê margem para melhorar.

Na conferência de imprensa de antevisão à partida do Etihad, o treinador dos citizens garantiu que continua a ‘puxar’ pelos jogadores… apesar de reconhecer que, por vezes, pode ultrapassar os limites.

“Por vezes, grito com os meus jogadores, e não o deveria fazer, mas não controlo. Também era assim quando era jogador, é a minha maneira de ser”, afirmou, em declarações reproduzidas pela estação televisiva ESPN.

“Não quero ser falso para comigo mesmo. Por vezes, estou mais calmo. Depende. Faço-o porque adoro o meu trabalho, adoro ser treinador e quero ser melhor. Quero tentar chegar à equipa todos os dias”, rematou.

Leia Também: “Tu não ganhas com jogadores de nível médio”