Início Notícias Pepa diz que Paços de Ferreira vai jogar "uma final" com o...

Pepa diz que Paços de Ferreira vai jogar "uma final" com o Santa Clara

Pepa iniciou a conferência de antevisão a destacar o Santa Clara, “uma equipa estável na I Liga desde que subiu, com muita continuidade no plantel e um treinador muito experiente”, mas assegurou que o foco do Paços é a conquista dos três pontos.

“Vai ser um jogo muito complicado, frente a uma equipa confiante e com jogadores juntos há muito tempo, mas estamos bem, confiantes e preparados, e, para nós, será como se fosse o último jogo das nossas vidas. Queremos muito quebrar a barreira psicológica dos 40 pontos”, disse Pepa.

Para ter sucesso em São Miguel, o técnico pacense disse que a equipa nortenha terá de ser “rigorosa em termos táticos”, para contrariar a “dinâmica difícil” dos açorianos, a partir de uma saída a três.

“Não é vulgar encontrar centrais esquerdos de qualidade e o Santa Clara tem dois com muita qualidade. A sua saída a três permite-lhes rentabilizar essa qualidade e cria uma dinâmica difícil de contrariar”, sublinhou o técnico, juntando aos elogios “a rapidez dos avançados”, capitalizando a procura da profundidade, e “uma guarda-redes com qualidade a jogar com os pés”.

Em caso de vitória, o Paços sobe ao quarto lugar, ultrapassando provisoriamente o Benfica, mas Pepa relativizou esse cenário, assim como as comparações que se fazem com a prestação da equipa pacense que terminou a temporada num histórico terceiro lugar, em 2012/13.

“Queremos sempre ganhar e, se o fizermos, sabemos que vamos dormir no quarto lugar. Mas, em condições normais, se FC Porto, Benfica, Sporting e Sporting de Braga estiverem ao seu nível, ninguém lá chega e os quatro primeiros lugares são deles. Não andamos atrás da classificação de ninguém, mas ficar na história com o que está a ser feito, a partir de uma ideia de jogo e da valorização da equipa e dos jogadores”, afirmou Pepa.

Jorge Silva e Diaby, que esta semana foi operado, são as ausências confirmadas no Paços, que, em contrapartida, volta a contar com o máximo goleador da equipa, Douglas Tanque (seis golos no campeonato), após cumprir castigo, dificultando as escolhas do técnico, depois da positiva resposta de João Pedro, autor de um dos dois golos do triunfo (2-1) diante do Vitória de Guimarães, na última jornada.

O Paços de Ferreira, no quinto lugar, com 38 pontos, defronta o Santa Clara, oitavo classificado, com 25, no estádio de São Miguel, nos Açores, no sábado, a partir das 17.00 locais (mais uma hora em Lisboa), num jogo que terá arbitragem de Manuel Mota, da associação de Braga.