Início Mundo Costa do Marfim apreende cocaína proveniente da América Latina

Costa do Marfim apreende cocaína proveniente da América Latina

“Esta é a maior apreensão que fizemos, depois da de 2020, que foi estimada em mais de 450 quilos”, disse o comandante Diaharassouba, citado pelo órgão de comunicação local Connection Ivoirienne, comentando os 1.056 quilos apreendidos.

Segundo o procurador-geral, Richard Adou, “a investigação está apenas na sua fase inicial, mas duas pessoas já foram presas”, podendo enfrentar até 20 anos de prisão na Costa do Marfim.

“Esta é uma das maiores apreensões, mas os nossos agentes estão a trabalhar dia e noite para impedir que estes criminosos façam da Costa do Marfim um país de trânsito para a droga”, acrescentou o procurador, de acordo com o mesmo jornal.

A África Ocidental é a principal zona de trânsito do tráfico de cocaína da América Latina, por via marítima e aérea, para a Europa.

Em abril de 2020, foram apreendidos 555 quilos de cocaína no porto de Paranaguá (Brasil), que se destinavam ao porto de Abidjan.

No início de janeiro, a Gâmbia apreendeu quase três toneladas de cocaína de um carregamento de sal originário do porto de Guayaquil, Equador.

De acordo com o Gabinete das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC), existem também laboratórios locais para o fabrico de estimulantes do tipo anfetaminas, nesta região, e tem havido um aumento no uso de todos os tipos de drogas na zona.

De acordo com o Relatório Mundial sobre a Droga 2020, publicado pelo ONUDC, as apreensões globais de cocaína no continente africano aumentaram de 1,2 toneladas, em 2015, para 3,3 toneladas em 2017 e 5,6 toneladas em 2018.