Início Notícias Andebol e o desporto de luto: As reações à morte de Alfredo...

Andebol e o desporto de luto: As reações à morte de Alfredo Quintana

Alfredo Quintana morreu esta sexta-feira, aos 32 anos, após sofrer uma paragem cardiorrespiratória no treino de segunda-feira do FC Porto.

Quintana, que completava 33 anos no dia 20 de março, foi assistido de imediato, com apoio de uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), tendo sido transportado para o Hospital de São João depois de estabilizado. Foi na unidade de saúde da cidade do Porto que acabou por morrer esta sexta-feira.

Alfredo Quintana conquistou ao serviço do FC Porto seis campeonatos, uma Taça e duas Supertaças. Ao longo da carreira somou 73 internacionalizações pela seleção de Portugal e por tudo isto, mas não só, o andebol e o desporto estão de luto.

As homenagens e mensagens sucedem-se, por isso fique em baixo com algumas delas.

– Iker Casillas recorda “eterno” andebolista


Presidente da República afirmou que o “desporto fica mais pobre”.

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, deixou uma mensagem a Quintana: “Antes de mais queria deixar um abraço forte à família do Quintana e ao FC Porto que já tinha vivido isto com o Casillas, mas felizmente com um desfecho diferente. Isto faz-nos pensar o que é realmente importante e por isso um enorme abraço para eles.”

Ferro Rodrigues referiu que a morte de Quintana “chocou o mundo desportivo”.