Início Mundo Motins em prisões do Equador causam mais de 50 mortos

Motins em prisões do Equador causam mais de 50 mortos

“Perante os factos ocorridos nos dias de hoje em Guayas, Azuay e Cotopaxi, a Polícia do Equador está a gerir o controlo” daqueles estabelecimentos prisionais”, especificou a instituição.

Através dos mesmos canais de divulgação, adiantou que, “de momento, a Criminalística relata mais de 50 PPL (Pessoas Privadas de Liberdade) falecidas” em consequência dos motins.

Leia Também: Movimento indígena tenta reverter resultado eleitoral no Equador