Início Mundo AO MINUTO: Marcelo ouve partidos; Chega equipa alemã para render colegas

AO MINUTO: Marcelo ouve partidos; Chega equipa alemã para render colegas

Um dia depois da reunião do Infarmed, e em que se ficou a saber que Portugal pode atingir a imunidade de grupo em agosto, Marcelo Rebelo de Sousa começa a ouvir os partidos para debater a renovação do Estado de Emergência.

Apesar dos dados positivos, que dão conta de que há a “reafirmação da tendência de descida da incidência” da Covid-19 e de que o “índice de transmissibilidade (o RT) é, neste momento, para Portugal, o mais baixo da Europa”, Marta Temido lembra que “os valores que hoje temos são valores que resultam de um esforço e se esse esforço se inverter, voltaremos a atingir números de incidência e de risco efetivo de transmissão que não são compatíveis aquilo que precisamos de garantir”.

Nesta senda, António Lacerda Sales afirmou, na noite desta terça-feira, que “ainda estamos muito longe dos indicadores” que permitem um desconfinamento.

Por este motivo, é expetável que o Estado de Emergência seja renovado, produzindo efeitos entre 2 e 16 de março.

Pode consultar estes mapas interativos sobre a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

08h40 – Este será um ano de “estagnação” relativamente às decisões de vida e investimentos dos portugueses, de acordo com um estudo divulgado esta terça-feira. Nele, incluem-se decisões como mudar de emprego, casar ou ter filhos, investir numa casa, num carro ou até mesmo nos mercados financeiros, sendo que 19,6% dos inquiridos admite que a sua situação financeira é desconfortável ou muito desconfortável.

08h30 – Uma centena de médicos, professores, pais e investigadores pediu ao Governo e ao Presidente da República a reabertura urgente das escolas a partir de 1 de março a começar pelos mais novos e de forma faseada com as devidas precauções.

08h14 – Um novo estudo, realizado por uma equipa internacional de investigadores, descobriu que adultos com síndrome de Down têm maior probabilidade de morrer de Covid-19 do que a população em geral, o que reforça a necessidade de priorizar a vacinação de pessoas com o distúrbio genético. O estudo foi publicado esta semana no The Lancet’s EClinical Medicine.

08h10 –O ex-ministro da Educação Nuno Crato defendeu, na segunda-feira, que o desconfinamento terá de ser feito progressivamente. “Não há outra maneira senão o regresso por fases”, assumiu.

Considerando a reabertura das escolas, no entendimento do ex-governante há vários aspetos que devem ser tidos em consideração. Um deles passa pelos “jovens e a necessidade de terem um ensino presencial que é mais eficaz e saudável do que o remoto”.

07h50 – A equipa médica alemã que vai substituir os profissionais de saúde militares no apoio ao Hospital da Luz, em Lisboa, chega hoje a Portugal.

Esta nova equipa chega a Lisboa três semanas depois da primeira, constituída por 26 profissionais de saúde militares, com competências ao nível da Medicina Intensiva, que está a apoiar o Hospital da Luz no combate à pandemia da covid-19.

A atual equipa médica chegou em 3 de fevereiro e trouxe 40 ventiladores móveis e 10 estacionários, 150 bombas de infusão e outras tantas camas hospitalares.

À chegada ao aeroporto militar de Figo Maduro, prevista para as 11h30, vão estar a secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, o secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, e o embaixador da Alemanha em Portugal, Martin Ney.

07h30 – O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ouve hoje a IL, Chega, PEV, PAN, CDS-PP e PCP sobre a renovação do estado de emergência, em audiências por videoconferência, a partir das 14h30.

Na quarta-feira será a vez do BE, PSD e PS e, um dia depois, o Parlamento reúne-se para debater e aprovar a provável renovação do estado de emergência, que terá efeitos entre 2 e 16 de março e será a 12.ª declaração na atual conjuntura de pandemia de covid-19.

07h26 – A Índia registou 78 mortes por covid-19 e 10.584 casos nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde indiano.

07h24 – O México registou 429 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, acumulando agora 180.536 óbitos desde o início da pandemia.

07h22 – O alargamento de apoios às famílias em tempos de pandemia para pais de alunos do 1.º ciclo e de famílias monoparentais que optem por não exercer teletrabalho para dar assistência à família entra em vigor esta terça-feira, dia 23 de fevereiro.

07h20 – A Alemanha regista, esta terça-feira, mais 3.883 casos de Covid-19 e 415 mortos, em 24 horas. No total, o país contabiliza já 2.394.811 casos de infeção pelo novo coronavírus e 68.318 vítimas mortais da doença, segundo dados atualizados do Instituto Robert Koch.

07h15 – O primeiro-ministro afirma que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) destina diretamente às empresas 4,6 mil milhões de euros, aos quais se somam outros apoios indiretos, além de contratos por programas de habitação ou obras públicas.

07h14 – A Comissão de Saúde da China anunciou hoje que foram diagnosticados dez casos de covid-19, nas últimas 24 horas, todos oriundos do exterior.

07h12 – A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado hoje a conhecer, sendo os resultados definitivos apresentados em abril.

07h10 – Bom dia! Damos início a um novo acompanhamento AO MINUTO da Covid-19. Pode recordar os acontecimentos do dia anterior aqui.

Leia Também: Portugal caiu 21 posições na lista de países com mais novos casos