Início Notícias Jesus critica arbitragem e admite que título "está cada vez mais difícil"

Jesus critica arbitragem e admite que título "está cada vez mais difícil"

Análise: Perdemos mais dois pontos. Somos uma equipa que anda à procura da vitória. Fizemos, dentro da área, dez finalizações, com oportunidades fáceis de fazer golo e não conseguimos concretizar. Depois, estamos sempre sujeitos a sofrer um golo num contra-golpe ou numa bola parada, o que não aconteceu. A equipa voltou a criar várias oportunidades. Está a faltar-nos um jogador que meta a bola na baliza, os avançados não estão com sorte. O Sefe e o Darwin tiveram oportunidades, o Rafa esteve isolado e também não conseguiu marcar… É o jogo…

Ansiedade: É um pouco de ansiedade. Decide-se rapidamente, sem pensar na melhor decisão. Tanto que falhámos finalizações na zona de grande penalidade. Há alguma intranquilidade na equipa por fazer um golo. A equipa joga com ansiedade e a pressão habitual do Benfica. Andamos atrás dos nossos rivais e sabemos que é importante não perder pontos, o que tem trazido uma carga acrescida à equipa.

Benfica não ganha fora desde o Gil Vicente: Torna-se mais difícil. Também não perdemos, mas a equipa voltou a criar. O futebol é quem faz golos, mas, para os fazer, é preciso criar oportunidades, e o Benfica criou. Há uma grande penalidade sobre o Rafa na primeira parte. Tudo isso, juntando às decisões dentro da grande área de não fazer golo, isso acresce no sentido da ansiedade e da intranquilidade da equipa.

Título mais difícil: Não é uma miragem, mas cada vez está mais difícil. Produzimos para fazer golos, como fizemos nos último jogo. Hoje ainda mais. A equipa não consegue meter a bola dentro da baliza em situações fáceis. Mas o que é que podemos fazer? É trabalhar para a equipa ficar mais tranquila.