Início Mundo Mulher foi atacada por urso no Alasca quando se sentou na sanita

Mulher foi atacada por urso no Alasca quando se sentou na sanita

Uma mulher foi atacada por um urso quando se sentou na sanita de uma casa de banho exterior no Alasca, adianta a Associated Press. Shannon Stevens não ganhou para o susto.

A mulher, o seu irmão, Erik, e a namorada deste decidiram há uma semana ir passar uns dias num yurt (um abrigo de formato circular feito de uma capa de tecido resistente, usado tradicionalmente na Ásia Central), situado a cerca de 32 quilómetros da cidade de Haines.

Como o yurt não tem casa de banho, foi construída uma no exterior, a cerca de 45 metros do abrigo.

“Sentei-me na sanita e imediatamente alguma coisa mordeu-me o rabo. Saltei e gritei”, contou a mulher à AP. Inicialmente, Shannon Stevens não percebeu que animal a tinha mordido. Quando o irmão foi ao seu encontro, ambos acharam que ela tinha sido mordida por um esquilo ou uma marta.

Erik, que tinha consigo uma lanterna, foi à casa de banho ver que animal era. “Levantei o tampo da sanita e estava lá o focinho de um urso, a olhar através do buraco para mim. Fechei o tampo da sanita o mais rápido que pude. Disse-lhes, ‘Está um urso lá em baixo. Temos de sair daqui agora’”, recordou. “Corremos rapidamente para o yurt”, acrescentou Erik.

No interior do yurt, Shannon foi tratada com um kit de primeiros socorros. Apesar de estar a sangrar, o ferimento não era grave e passaram a noite no yurt. Na manhã seguinte viram pegadas de urso em redor da propriedade, mas o animal já tinha ido embora.

Os Stevens acham que o urso entrou na casa de banho exterior através de uma abertura na porta das traseiras.

Carl Koch, biólogo do Department of Fish and Game Wildlife, suspeita que o animal seria um urso-negro, tendo em conta as fotografias das pegadas, e o facto de uma vizinha que mora perto do yurt lhe ter enviado uma fotografia de um urso-negro na sua propriedade dois dias depois.

Leia Também: Grávida de gémeas isola-se para dar à luz em segurança no Alasca