Início Mundo ‘Pivot’ de TV francês Patrick Poivre d’Arvor investigado por violação

‘Pivot’ de TV francês Patrick Poivre d’Arvor investigado por violação

À informação, confirmada por fonte judicial à AFP, da abertura da investigação na sequência da acusação da escritora Florence Porcel, o advogado do famoso apresentador de 73 anos reagiu rotulando as acusações de “absurdas e mentirosas”.

“O meu cliente está revoltado pela forma como se procura a manipulação para promoção de um romance”, disse o advogado François Binet, que adiantou que Patrick Poivre d’Arvor está disponível para ser ouvido pelas autoridades e que prepara uma acusação contra Florence Porcel por denúncia caluniosa.

Atriz e comediante de 37 anos, Florence Porcelpublicou em janeiro um romance, “Pandorini”, em que conta uma história, supostamenteautobiográfica, de uma jovem violada por uma figura célebre do “cinema francês”, que exerce poder sobre ela.

O jornal Le Parisien, que revelou o caso, adianta que a queixa judicial se refere a uma relação sexual não consentida, em 2004 no gabinete de Poivre d´Arvor no canal de televisão TF1, e a sexo oral forçado em 2009, numa produtora de televisão.

Segundo a AFP, a queixosa ainda não foi ouvida pelas autoridades.

Conhecido em França pelas iniciais PPDA, Patrick Poivre d’Arvor, foi o ‘pivot’ do canal de televisão público Antenne 2, de 1976 a 1983, e da TF1 entre 1987 e 2008, onde se tornou célebre.

Manteve até janeiro uma rubrica literária no canal CNews, entretanto cancelada.

Leia Também: MP de Lisboa acusa homem por abuso sexual de pessoa incapaz